Ilhabela

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A maior e mais charmosa ilha da costa brasileira conta com 340 km² e dois lados de diferentes características, uma de mar aberto com praias selvagens e ondas fortes e a outra voltada para o continente, com águas tranquilas e mais urbanizada. A bela ilha que fica no litoral norte de São Paulo, tem uma das áreas mais acidentadas da costa brasileira e montanhas que ultrapassam a altura de 1300 metros. 

.

POR QUÊ IR? 🤔

Chamada de capital da vela, a ilha tem um canal que a separa do continente por onde passa um corredor perfeito de ventos, ideal para a pratica de esportes movidos ao vento, como vela, windsurf e kitesurfe. Devido a privilegiada geografia, todos os anos sedia a maior competição de vela da América Latina, o Ilhabela Sallling Week. O evento ocorre em julho e em pleno inverno brasileiro, o evento traz gente descolada de várias partes do mundo e diversas manifestações culturais nos sofisticados bares e restaurantes. 

Com intensa  presença da Mata Atlântica cobrindo 85% do território, a ilha é protegida pelo Parque Estadual de Ilhabela. Conta com 40 praias e não se limita apenas a este tipo de atração, são dezenas de cachoeiras, mirantes e trilhas que levam às imponentes montanhas com picos que ultrapassam as barreiras das nuvens.  Dentre os três altos picos, somente um tem acesso por trilha, o Pico do Baepi, com 1081 metros e acesso partindo da Praia do Engenho D’Água.

fotos: adriano paiola

Quanto as praias, as que estão voltadas para o continente são de águas cristalinas, águas calmas, urbanizadas e pontilhadas por coqueiros e uma linda ciclovia que acompanha a faixa de areia e contorna restaurantes beira mar. Do outro lado da ilha, as praias são mais selvagens e de mar revolto, tanto que diversos navios já naufragaram por ali, entre eles o mais famoso é o Príncipe de Astúrias, que afundou em 1916 e levou a vida de mais de 500 imigrantes espanhóis que desembarcariam em Santos e Buenos Aires.

Dentre as praias mais bonitas, não deixe de ir na Praia de Jabaquara, se possível, pegue um barco e vá até a Fome, as duas na costa norte; do lado sul, a Feiticeira é a mais badalada, nela, tem também a cachoeira de mesmo nome. Mais isolada, a Praia do Bonete, está relacionada entre as mais belas do Brasil e só é possível chegar caminhando ou de barco. Do lado leste (mar aberto), a Praia de Castelhanos é selvagem, linda e tem uma cachoeira gigantesca e refrescante.

.

O QUE FAZER? 🤔

☀️☀️☀️ = muito bonita / ☀️☀️ = bonita / ☀️ = de alguma beleza

 

Centro Histórico 👍👍👍

foto: divulgação

O passeio pode começar a-partir da Igreja dar Nossa Senhora D’Ájuda e Bom Sucesso, construída com pedras, óleo de baleia e conchas do mar, foi erguida no século XVII. Em frente fica o prédio da antiga cadeia pública e fórum da ilha, nela funciona um museu. Outros locais que podem ser visitados são o Museu Waldemar Belisário e suas exposições caiçaras; o Museu Náutico; o Centro Cultural da Vila e a sede do Parque Estadual da Ilhabela. O centro ainda conta com diversos restaurantes, cafés e bares. 

Acesso:https://goo.gl/maps/d4KTwyAd8QMBiDth7

 

Cachoeira do Couro do Boi 👍👍

No lado norte da ilha, a cachoeira do Couro do Boi é a única por aqueles lados, o acesso  se dá a partir da Praia do Viana e segue por aproximadamente 3 horas. É aconselhável seguir junto de um guia experiente. 

Acesso:https://goo.gl/maps/GHzHi64TrtX4WNoo8

 

Cachoeira do Veloso 👍👍

foto: divulgação

A cachoeira do Veloso fica no lado sul da ilha e é uma das mais queridas da ilha. São duas quedas de diferentes níveis que podem ser alcançadas através de uma trilha de fácil acesso. Para chegar até o local, uma trilha parte do camping do sítio na Praia do Veloso e segue um percurso de 1.1 km. 

Acesso:https://goo.gl/maps/tkTK7ayaXww9cUPm6

 

Cachoeira do Paquetá 👍👍👍

foto: divulgação

É uma das cachoeiras mais procuradas da ilha. Com borda infinita e vista para o mar, é repleto de postos naturais. A cachoeira fica no lado sul da ilha, próximo da Praia Grande.

Acesso:https://goo.gl/maps/wWxbGzEkXmh96k9Z6

 

Ilha das Cabras 👍👍👍

foto: divulgação

A ilha que foi particular por muitos anos, acabou de ser devolvida ao município e logo mais será reaberta ao turismo. De momento, sua visita pode ser feita apenas de forma submersa, mergulhando por suas águas transparentes. Os mergulhadores podem encontrar, além de muita vida marinha como tartarugas, entre outros; uma estátua de Netuno, onde se formam corais que atraem ainda mais as espécies, como cavalos marinhos. 

Acesso:https://goo.gl/maps/kRYKvFH4UXJ8QMHC8

 

Pico do Baepi 👍👍👍

foto: divulgação

Muito procurado pelos amantes do montanhismo, o pico é um dos maiores da ilha e está a 1080 metros. Dentre todos, é o que tem melhor acesso, sua trilha parte próximo do restaurante Ilha Deck no Centro Histórico, estando ali, suba pela esquerda até o fim do asfalto, ali verá a placa do Parque Estadual de Ilhabela onde inicia inicia a trilha. Se subir antes das 6h é possível ver o nascer do sol no mirante que fica 15 minutos após o inicio da trilha.

O Parque Estadual de Ilhabela é aberto todos os dias, das 7h às 16h, as visitações deverá ser agendada com antecedência mínima de 24 horas pelo e-mail:

https://ingressosparquespaulistas.com.br/parques/pe-ilhabela/

Acesso:https://goo.gl/maps/KZpoBzR9gbxbbVhX9

 

Praia da Fome ☀️☀️☀️

foto: divulgação

Linda, é pequena, tem aproximadamente 150 metros, é excelente para mergulho no trecho que fica mais a direita que segue até a Ponta do Lobo. A praia é marcada por uma antiga senzala, que fica ao pé do morro e servia de esconderijo para o tráfico negreiro. Hoje esta senzala se transformou em uma casa de veraneio. É junto com Jabaquara, uma das praias mais belas da Ilhabela.  

Acesso:https://goo.gl/maps/hNDEowLkvg6TCZuV8

 

Praia do Jabaquara ☀️☀️☀️

foto: divulgação

É uma das mais bonitas da ilha. No canto direito alguma pedras tem desenhos que lembram as pedras das Ilhas Seychelles na África. Seu mar é claro em tom esverdeado, a areia é fofa e branca e há riachos nas duas extremidades da praia e um deles, conta com um lago excelente para banho. Bares servem petiscos e almoço. É bastante procurada para cá submarina e pesca. Seu acesso é por estrada de terra e fica distante 5 km a partir do fim do asfalto em Pacuíba. 

Acesso:https://goo.gl/maps/SkWE4CmqSfUFb5fQ9

 

Praia do Pinto ☀️☀️

foto: divulgação

Boa para esportes náuticos, seu acesso se dá a pé pela ruas de um condomínio de balas casas. Tem faixa larga de areia e muitas árvores que sombrear a praia. 

Acesso:https://goo.gl/maps/SFAAxmY6Td2g6bgt9

  

Praia do Viana ☀️☀️

foto: divulgação

Muitas árvores amendoeiras fazem a sombra da pequena e estreita faixa de areia. A praia tem aproximadamente cem metros de águas limpas, claras, calmas e areia amarelada.

Acesso:https://goo.gl/maps/NGy6Avchq8YnrUFx5

 

Saco do Indaiá ☀️

foto: adriano paiola

É composta por várias praias, entre elas a Praia do Centro ou da Vila, Sta Tereza, Prainha e do Barreiro. É poluída, desaconselhável ao banho, porém conta com um lindo visual voltado para o continente. 

Acesso:https://goo.gl/maps/Ebqyii6p1hx11pdJA

 

Saco Grande ☀️☀️

foto: adriano paiola

É a sede do Iate Clube da cidade e é bastante badalada. É dividida em vários trechos, como Praia da Vila, Praia do Pequeá e Campo da Aviação. Ao lado esquerdo desemboca um córrego poluído. 

Acesso:https://goo.gl/maps/ePxoexBFcnuSTXC56


Praia de Itaguaçú
☀️☀️

foto: adriano paiola

Bonita, a praia conta com uma atmosfera de paz e tranquilidade, porém é badalada. Tem lindas casas de veraneio e 600 metro de faixa estreita de areia amarelada e mar claro. 

Acesso:https://goo.gl/maps/zAbveaBEdd2hpaHd8

 

Praia da Engenho D’água ☀️

foto: adriano paiola

Tem escola e aluguel de prancha de vela, aluguel de jet ski (para habilitados), conta com 400 metros de faixa estreita de areia e fica colada na vizinha Paqueá, local ideal para os amantes da pesca. 

Acesso:https://goo.gl/maps/64R3BanASfn1pQqx8

 

Praia do Perequê ☀️☀️

foto: divulgação

Fica próximo ao píer da balsa e de onde saem passeios de barcos e escunas. Tem aluguel de caiaques. O fundo com areia lamenta e durante a temporada fica poluída. 

Acesso:https://goo.gl/maps/7RBrygqVaYgmXySs5

 

Praia da Feiticeira ☀️☀️

foto: divulgação

No lado sul, é a mais popular dentre as praias. Com 250 metros de praia de tombo, fica de frente a um condomínio ao lado de uma fazenda que carrega o mesmo nome. Tem águas claras e uma queda d’água artificial no córrego que corre ao lado. 

Acesso:https://goo.gl/maps/7RBrygqVaYgmXySs5

 

Praia do Julião ☀️☀️

foto: adriano paiola

Com mar calmo, tem faixa estreita de areia, é pequena e fica escondida entre as praias da Feiticeira e a Praia Grande. Ideal para tenho devido a tranquilidade das águas, tem que fica apenas atento com as pedras ao fundo. O acesso é feito pela mata através de uma trilha. 

Acesso:https://goo.gl/maps/v8rwuipYuFZFZ1z1A

 

Praia do Curral ☀️☀️

foto: adriano paiola

É uma das mais procuradas do lado sul da ilha. Fica de frente à Ponta do Ribeirão, onde está afundado o navio Aymoré, bastante visitado por mergulhadores. A praia te areia amarelada, águas claras, é movimentada e tem faixa larga de areia. 

Acesso:https://goo.gl/maps/u8nsjAqy7ojwdeT88

 

Praia do Bonete ☀️☀️☀️

foto: divulgação

Praia selvagem de difícil acesso onde vive uma comunidade caiçara que vive da pesca e do turismo. O acesso se dá através de barco ou através de uma trilha de 4 horas que parte de Borrifos (final da estrada que interliga a ilha) É muito procurada por surfistas devido as forte ondas provocadas pelo vento sul que assopra ali. O local é conhecido como Cabo Horn da ilha.

Acesso:https://goo.gl/maps/oMzJRWUwXCr7zdgz7

 

Praia de Castelhanos ☀️☀️☀️

foto: divulgação

Fica do outro lado da ilha, é bastante procurada por surfistas, além de ser um porto seguro para quem navega pela ilha. O acesso é feito por uma estrada de terra que atravessa 22 quilômetros de pirambeiras (em dias de chuva, torna-se inviável a ida). O veículo deve contar com tração e o caminho cruza diversos rios e cachoeiras. A praia costuma receber a visita de golfinhos. Há outras pequenas praias primitivas próximas e a cachoeira do Gato, que pode ser acessada por uma trilha de 20 minutos através do rio que fica do lado esquerdo. Para quem vem de barco, o trajeto deve demorar 1h30 de lancha ou 3h de escuna. 

Acesso:https://goo.gl/maps/jncMoDmUxD5ixDyi8

 

 

 

 

.

QUANDO IR? 😎⛱️

O verão (dezembro a março) é a época mais movimentada; as chuvas intensas e o transito das estradas, podem prejudicar a vigem. A partir das segunda quinzena de fevereiro o clima começa a ficar mais seco. Quem quer sossego deve evitar feriados e finais de semana ensolarados. No começo da primavera (setembro a outubro), chove menos e as temperaturas são agradáveis. 

 

 

 

 

.

INFORMAÇÕES ÚTEIS ✍️

A BR-101 (Rio-Santos) tem muitas curvas e nem sempre é bem sinalizada. A atenção deve ser redobrada, sobretudo à noite, pois o vaivém dos carros é constante e intenso. 

 

🚌 Terminal Rodoviário de Ilhabela 

Endereço: Rua Pref Mariano P A Carvalho 86, Ilhabela – SP 

Telefone: (12) 3895-8709

 

🛩 Aeroporto Internacional de Guarulhos 

Endereço: Rodovia Hélio Smidt, s/nº – Aeroporto, Guarulhos – SP 

Telefone: (11) 2445-2945

 

🛩 Aeroporto de Congonhas

Endereço: Av. Washington Luís, s/nº – Vila Congonhas – São Paulo – SP 

Telefone: (11) 5090-9000

 

🛩 Aeroporto Internacional de Viracopos

Endereço: Rodovia Santos Dumont, km 66 – Parque Viracopos, Campinas – SP 

Telefone: (19) 3725-5000

 

🚢Terminal de Embarcações de São Sebastião

Endereço: Av. Antônio Januário do Nascimento, 74 – São Sebastião – SP

Telefone: (12) 3892-1268

 

 

 

 

.

COMO CHEGAR? 💼

Partindo da capital paulista, a cidade esta separada por 200 km que podem ser percorridos em 3:50 horas. O longo tempo se dá por conta das curvas da estrada sinuosa que desce a serra do mar e a travessia da balça entre São Sebastião e Ilhabela. As estradas que deverão ser percorridas são a Presidente Dutra ou Ayrton Senna, esta segunda mais movimentada por veículos a passeio, em São José dos Campos deverá pegar a Rodovia dos Tamoios e em Caraguá deverá seguir no sentido sul até o porto de São Sebastião. De lá o motorista deverá pegar uma balsa e atravessar o canal que separa o continente da ilha.

 

De Avião ✈️

O aeroporto mais próximo é o de Guarulhos. De lá partem duas estradas que ligam o aeroporto a cidade, a Ayrton Senna – mais utilizada por veículos a passeio e a Rodovia Presidente Dutra – mais utilizada por caminhões. Na cidade de São José dos Campos é necessário pegar a Rodovia dos Tamoios sentido litoral e na sequencia a Rodovia Rio-Santos sentido Porto de São Sebastião. 

 

De carro 🚗

Acesso:https://goo.gl/maps/GYSBaugquc63biqs7

 

De ônibus 🚌

A empresa Pássaro Marrom interliga a capital São Paulo até Ilhabel. Os ônibus partem do Terminal Rodoviária do Tietê e desembarca no terminal central da cidade. O valor da passagem é de aproximadamente R$ 80,00 e os ônibus partem diariamente para a cidade. 

 

Pássaro Marrom ✍️

web: www.passaromarron.com.br

telefone: 0800.285.3047

 

 

 

 

.

CLIMA 🌦

O verão em Ilhabela é quente, opressivo, com alta precipitação e ocorre céu encoberto entre os meses de dezembro e janeiro; fevereiro o céu fica mais seco e clima ganha mais clima de verão.  O inverno é curto, agradável e de céu quase sem nuvens. Ao longo do ano, em geral a temperatura varia de 17 °C a 32 °C e raramente é inferior a 14 °C ou superior a 36 °C.

 

 

 

 

aos fotógrafos: as imagens publicadas neste artigo tem como foco orientar e ajudar o turista a visualizar as informações que estão sendo transmitidas. As fotos foram capturadas da internet sob domínio público e portanto com extrema dificuldade de encontrar o nome do autor. Caso seja o autor de alguma entre em contato conosco através de: fotografia@visitbrazil.travel 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Nossas redes sociais

Publicidade

Veja também

Aracajú

Considerada uma das melhores capitais nordestinas para se viver, a cidade de Aracajú não se destaca pela badalação de suas praias, mas sim pela organização

Saiba mais »

Abrolhos

Os cartógrafos portugueses registraram em diversos mapas um aviso aos navegadores por frequentes acidentes e naufrágios causados na região pela formação de corais que dificultavam

Saiba mais »

Receba novidades em seu e-mail!

Preencha seu nome e e-mail nos campos a seguir!

Copyright © 2022. Todos os direitos Reservados. Feito por Thiago Regis.