Serra do Cipó

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Este parque dá início a Serra do Espinhaço, uma cadeia de montanhas que se estende por todo norte de Minas Gerais e vai até o sul da Bahia, emendando com a Chapada Diamantina. Suas montanhas, canyons e cavernas datam do período pré-colombiano e é possível encontrar inscrições rupestres.   

.

POR QUÊ IR? 🤔

Na era colonial, a Serra do Cipó foi uma das principais vias de acesso dos bandeirantes que cruzavam o país em busca de ouro e pedras preciosas na região de Diamantina, hoje o local continua sendo um grande receptor de exploradores, só que desta vez, aventureiros que buscam as diversas trilhas para fazerem travessias.   

Criado nos anos 70, o parque nacional abrange uma área com inúmeras nascentes, mais de 60 cachoeiras, cascatas e piscinas naturais. As trilhas podem ser percorridas na caminhada, de bike ou a cavalgada. Entre as várias formações do parque, o Cânion Bandeirinha é formado pelo afunilamento do Ribeirão Bandeirinhas conta com 7 km de extensão.

Braço da Serra do Espinhaço, a Serra do Cipó é um divisor de águas – de um lado a bacia do São Francisco e do outro, o Rio Doce. Entrecortado também por alguns rios como o cipó, a serra mostra-se também perfeita para a prática de canoagem. Devido ao complexo rochoso, como o morro da pedreira de calcário, a prática de escalada torna o parque a Meca dos aventureiros.   

Com apenas cem quilômetros de distância da capital Belo Horizonte, o aventureiro que procura atividades como rapel, ciclismo, alpinismo, trekking, rafting ou observação de animais, encontra neste parque, o endereço completo. Com boa infraestrutura, a serra abriga charmosas pousadas e deliciosos restaurantes.   

.

O QUE FAZER? 🤔

👍👍👍 = imperdível /👍👍 = legal /👍 = de alguma curtição

 

Trilha Lapinha – Tabuleiro 👍👍👍

foto: divulgação

A mais tradicional das trilhas, tem início ao norte do Pico do Cruzeiro e cruza uma das mais belas cachoeiras do Brasil. Com queda de 273 metros , a cachoeira do Tabuleiro é a terceira maior do Brasil, e, segundo o Guia Quatro Rodas, a primeira em beleza.   

Acesso:https://goo.gl/maps/j7i9kpuQyxjRZB9a9

 

Cachoeira do Tabuleiro 👍👍👍

foto: divulgação

Em altura é a terceira mais alta do país. No caminho há um sitio arqueológico com inscrições rupestres, tudo sinalizado com placas. A cachoeira fica dentro do Parque Estadual da Serra do Intendente e seu acesso se dá por uma trilha com 2 km que parte do povoado. Reserve metade do dia para o passeio. Outro passeio, mais longo e que deverá contar com um dia, é pelo caminho que leva até o alto da cascata. É aconselhável ir com um guia. 

Acesso:https://goo.gl/maps/HD6aZNrGx1YU4BxDA

 

Vale do Ribeirão  👍👍👍

foto: divulgação

Com altitudes que chegam a 1500 metros, o vale do Ribeirão guarda em seu interior picos exuberantes como o do Breu, onde ao lado leste dá para ver a Cachoeira do Lajeado e do outro, a de Congonhas, que despenca de uma altura de 104 metros e fica próximo ao Poço Pari, onde há um riacho cercado por um pequeno canyon. 

Acesso:https://goo.gl/maps/vh78rUSsxgaB6T866 

 

Cerrado Mineiro  👍👍

foto: divulgação

Em meio ao cerrado mineiro, a área reserva excelentes espécies da colorida flora, com bromélias, canelas-de-ema, flor-do-cerrado, chuveirinho entre outras. Dentre os animais, o destaque fica por conta do Lobo Guará, além é claro, do Tatu Bola, o Bugio Preto, o lindíssimo Tamanduá Bandeira e os encantadores pássaros que fazem o som do cerrado.

Acesso:https://goo.gl/maps/YB7zag3rV68nx9Mx6

 

Cachoeira da Farofa 👍👍👍

foto: divulgação

É o passeio básico do parque, caminhas-se pelos campos de cerrado até as encostas da serra. É preciso ir cedo para voltar antes do anoitecer. A cachoeira conta com 240 metros de desnível, sete quedas e uma piscina natural. 

Acesso:https://goo.gl/maps/VWXHvtUJfJZ9kWc68

 

Canyon do Bandeirinhas 👍👍👍

foto: Ederson Godoy

Além dos picos e cachoeiras como os já citados, o parque reserva também canyons, um deles é o Bandeirinhas, por onde corre um ribeirão com leito profundo e paredes rochosas verticais.

Acesso:https://goo.gl/maps/3Jdf17kFkhRfdFan6

 

Cachoeira do Gavião  👍👍👍

foto: divulgação

Entre ida e volta, você deverá levar meio dia. A trilha com um trecho de aproximadamente quatro quilômetros e é preciso ter autorização no centro de visitantes, além de contratar um guia especializado para fazer o percurso. No caminho passa-se pelo Travessão, um imenso paredão que é um marca geográfica na região. 

Acesso:https://goo.gl/maps/NVvt6HHaCZLXZS9Z6

 

Gruta da Lapinha 👍👍

foto: divulgação

Há passarelas, luzes artificiais e escadas o que tira um pouco o clima natural do passeio que conta com 40 metro de profundidade. Dos 700 metros de extensão, 511 são abertas a visitação. O famoso crânio da Luzia, o fóssil mais antigo das Américas (30 mil anos) foi encontrado nessas cavernas 

Acesso:https://goo.gl/maps/EWARS44JpU8f2h427

 

Estátua do Juquinha 👍

foto: divulgação

Entre as diferentes atrações, uma se destaca. A estátua do Juquinha foi feita pela artista plástica Virginia Ferreira em homenagem a um lendário andarilho que percorria a região vendendo flores para os visitantes do parque. A estátua de três metros fica na região conhecida como Alta Palácio de onde se tem uma privilegiada vista das montanhas que compõe a região. Para se chegar até lá é necessário uma caminhada de aproximadamente 300 metros. Outra atração imperdível no parque nacional é apreciar o pôr do sol do Morro da Pedreira.

Acesso:https://goo.gl/maps/s6Gxtcf5wKBB3hcr8 

 

Roteiro da Natureza e Aventura 👍👍👍

foto: divulgação

São trilhas bem sinalizadas no interior do parque que facilitam a orientação dos aventureiros que circulam pelo parque. Entre os caminhos já sinalizados estão a Trilha dos Escravos, a Subida do Juquinha, o Pico da Lapinha, a Fazenda Cipó, Jaboticatubas, o Circuito Serra do Cipó de Trekking e a Travessia Serra do Cipó de Mountain Bike.     


Acesso:
https://goo.gl/maps/Nn9u4gWK1o4BTGjv5

 

 

 

 

.

QUANDO IR? 😎⛱️

Com agitado calendário, as melhores épocas para se visitar é quando ocorre três grandes eventos culturais, um no verão e dois no inverno. A Mostra de Cinema de Tiradentes ocorre no mês de janeiro; em junho acontece o Encontro de Harley Davidson e agosto acontece o Festival Internacional de Cultura e Gastronomia. 

 

 

 

 

.

INFORMAÇÕES ÚTEIS ✍️

A cidade base do Parque Nacional da Serra do Cipó é a cidade de Santana do Riacho. 

 

✍️ Parque Nacional da Serra do Cipó

Acesso: MG-010, Km 94 – Distrito Serra do Cipó – Cidade de Santana do Riacho 

Telefone: (31) 3718-7151  /   (31) 3718-7469 

Web: http://www.icmbio.gov.br/parnaserradocipo/

 

🚌 Terminal Rodoviário de Santana do Riacho

Endereço: Praça da Bíblia, 200 – Martins – Santana do Riacho – MG

Telefone:  (34) 3235-5050

 

🛩 Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (Confins)

Endereço: Rodovia MG 10, Km 39 S/N – Aeroporto – MG 

Telefone: 0800 037 1547

 

🛩 Aeroporto de Belo Horizonte (Pampulha)

Endereço: Praça Bagatelle, 204 – São Luiz – Belo Horizonte – MG 

Telefone: (31) 3490-2000

 

 

 

 

.

COMO CHEGAR? 💼

A distancia entre a capital Belo Horizonte e o parque é de 98 km e o percurso deve ser percorrido em 1h40m

 

De Avião ✈️

Se chegar pelo aeroporto de Confins, estará a apenas 60 km do parque, caso chegue pelo aeroporto da Pampulha, a distância aumenta para 100 km

 

De carro 🚗

Acesso: https://goo.gl/maps/HokyGPDimKwZQQZG7

 

De ônibus 🚌

A empresa Saritur faz o trecho entre Belo Horizonte a Serra do Cipó

 

Saritur ✍️

web: https://www.saritur.com.br

telefone: (31) 3167-0500

 

 

 

 

.

CLIMA 🌦

O verão (dezembro/março) conta com bastante precipitação de chuva, é úmido e de céu encoberto; o inverno (junho/setembro) é seco, de céu quase sem nuvens e dias frios. Durante o ano inteiro, o clima é médio, a temperatura varia de 11°C a 29°C e raramente é inferior a 8°C ou superior a 34°C.

 

 

 

aos fotógrafos: as imagens publicadas neste artigo tem como foco orientar e ajudar o turista a visualizar as informações que estão sendo transmitidas. As fotos foram capturadas da internet sob domínio público e portanto com extrema dificuldade de encontrar o nome do autor. Caso seja o autor de alguma entre em contato conosco através de: fotografia@visitbrazil.travel 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Nossas redes sociais

Publicidade

Veja também

Itacaré

A pequena e pacata Itacaré é conhecida por muitos como o paraíso do surfe da costa baiana. Localizada na foz do rio de Contas, ao

Saiba mais »

Guaraqueçaba

É preciso ter certo espirito aventureiro para desbravar a regida de Guaraqueçaba, já que a principal atividade que compõe o turismo local é ecoturismo. Encravada

Saiba mais »

Genipabu

Este local é com certeza o que mais representa a cultura e a paisagem do Rio Grande do Norte. As famosas dunas que deixaram o

Saiba mais »

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro sempre foi a melhor representação do país, mas a porta de entrada do Brasil conhecida pelas desejadas praias não vive apenas

Saiba mais »

Receba novidades em seu e-mail!

Preencha seu nome e e-mail nos campos a seguir!

Copyright © 2022. Todos os direitos Reservados. Feito por Thiago Regis.