Taxas cobradas de turistas ajuda preservação

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O turista que pensa em ir para Fernando de Noronha no estado de Pernambuco, ao pesquisar os preços dos pacotes, logo se pergunta. Por que viajar para esta ilha dentro do país, muitas vezes, chega a ser mais caro do que viajar para o Caribe¿ A resposta é simples, por se tratar de um paraíso ecológico onde a regra número um é a preservação e a sustentabilidade, a ilha fica protegida por um Parque Nacional Marinho que por sua vez cobra a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) por dia de permanência na ilha.

A TPA é um tributo arrecadado pelo governo estadual de Pernambuco cobrada a cada visitante e que limita a quantidade de pessoas que visitam a ilha por determinado período. Ela deve ser utilizada na manutenção das áreas do Parque Nacional. O valor também é enviado para diversas benfeitorias, tais como a construção de passarelas suspensas adaptadas para cadeirantes que percorrem trilhas que levam ao Mirante do Golfinho e ao Mirante do Sancho.

O valor diário da taxa cobrado por pessoa custa R$ 64,25, tendo variações, ou seja, caso o turista pensa ficar mais de 11 dias, o valor terá um acréscimo significativo. Quanto ao valor do ingresso para a entrada do Parque Nacional Marinho, custa para os brasileiros o valor de R$ 99,00 tendo validade para até 10 dias. Para estrangeiros o valor é de R$ 198,00.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Nossas redes sociais

Publicidade

Veja também

Receba novidades em seu e-mail!

Preencha seu nome e e-mail nos campos a seguir!

Copyright © 2022. Todos os direitos Reservados. Feito por Thiago Regis.